O elenco de “Vingadores: Guerra Infinita” afirmou que o filme será muito diferente dos quadrinhos. Nas cenas pós-créditos de “Vingadores”, a Marvel Studios revelou que Thanos é o verdadeiro vilão, do Universo Cinematográfico Marvel (MCU), que está por trás de tudo . À medida que as Joias do Infinito eram reveladas nas histórias de alguns super-heróis, os fãs já sabiam o que estava sendo construído, mesmo que as mais diversas teorias criadas por eles fossem negadas pelos filmes.

A recompensa finalmente chegou quando a Marvel confirmou Guera Infinita, o maior filme do estúdio, até agora. A história é baseada nos quadrinhos, em que Thanos reúne as Joias do Infinito para conquistar o universo. Mas os problemas com essa possível “adaptação” logo apareceram. O quadrinho de “Guerra Infinita” realmente reuniu vários heróis da Terra, mas sob as ordens de Adam Warlock. Entretanto, esse personagem não estará em Guerra Infinita. Recentemente, a Marvel afirmou que Thanos tem uma história de origem diferente dos quadrinhos e que os fãs deveriam parar de criar teorias sobre o destino da Joia da Alma.

A história pode ser tão boa quanto a dos quadrinhos originais, mas o terceiro filme dos Vingadores terá sua própria avaliação. De acordo com o Screen Rant, o elenco de Guerra Infinita confirmou que o universo desse filme conta sua própria história, independentemente do título do filme.

Screen Rant: Vocês leram alguma história em quadrinho, em específico, para ajudar na preparação do filme?

Mark Ruffalo: Nós realmente estamos em um território novo.

Chadwick Boseman: Dessa vez é diferente. Não sei como posso explicar. Mas estamos em muitos lugares diferentes.

Ruffalo: E é tão diferente dos quadrinhos. Há elementos que são claramente os mesmos, mas quando você realmente começa a entrar na história, tudo muda. Planeta Hulk foi uma grande influência para Thor 3, e a ideia, a ligação com o quadrinho “Hulk contra o Mundo” começa…. Eu li antes de fazer Guerra Infinita e há coisas interessantes lá, mas, honestamente, nada diretamente relacionado a esse filme.

Screen Rant: Você não leu “Desafio Infinito”?

Ruffalo: Sim, isso também é muito informativo, mas, novamente, é tão … tão fora desse tópico que ficamos confusos e começamos a nos perguntar coisas como: “Por que isso não está lá? ”, “Por que estamos fazendo isso?”

Boseman: Na verdade, nesse caso, eu acho que isso te afasta do que realmente está acontecendo na sua frente.

O conselho de Boseman realmente faz sentido! Os fãs devem se concentrar menos no que ainda não foi revelado, pois tudo foi elaborado cuidadosamente pelo estúdio. A Marvel já deixou claro que aderir a cada palavra da história de origem importa menos do que alguns fãs poderiam desejar. Os resultados falaram por si mesmos, e o melhor exemplo disso é o filme “Thor: Ragnarok”, que adaptou partes de “Planeta Hulk” na história do Thor. Essa decisão trouxe Hulk de volta, e fez de Ragnarok um sucesso. Portanto, em Guerra Infinita as inspirações serão menos diretas.

 

Fonte: Screen Rant

“Vingadores: Guerra Infinita” estreia dia 26 de abril, nos cinemas brasileiros.