Por exemplo: Marvel, DC, Liga da Justiça, ...

Roteiristas de “Vingadores: Guerra Infinita” falam sobre filme ganhar Oscar

De acordo com o Screen Rant, Stephen McFeely e Christopher Markus, roteiristas de “Vingadores: Guerra Infinita”, falaram seriamente que o roteiro do filme tem potencial para ganhar o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, ano que vem. Apesar do notório preconceito da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas com filmes baseados em quadrinhos, eles decidiram fazer essa declaração.

A Academia demorou a homenagear obras de ficção científica e fantasia, que redefiniram o que os filmes são capazes de fazer fora das categorias técnicas. Apesar disso, a Marvel Studios ainda não conseguiu nenhuma vitória no Oscar, mesmo após várias indicações para Melhor Efeitos Visuais e Melhor Cabelo e Maquiagem. As esperanças da Marvel estão em Pantera Negra, que pode ganhar o Oscar nas categorias escrita (roteiro adaptado), atuação e direção, em 2019. No entanto, Stephen McFeely e Christopher Markus afirmaram que Guerra Infinita será o filme que vai trazer o ouro para a Marvel Studios.

Além disso, eles falaram sobre ganhar uma das categorias do Oscar na entrevista coletiva para o Screen Rant, que visitou o set de Guerra Infinita, em junho de 2017. McFeely e Markus também falaram sobre o enredo e gênero do filme.

MCFEELY: “Difícil de explicar”

MARKUS: “Mas merece ganhar o Oscar ”. Ele também comparou Guerra Infinita e o Universo Cinematográfico Marvel à trilogia “O Senhor dos Anéis”.

MARKUS: “Então, o Senhor dos Anéis é uma coisa épica, certo? São três filmes! Estes são 23 filmes!

Ele fez um “discurso hilário”, enfatizando a insana ambição do MCU e elogiando o idealizador.

MARKUS: “Quando alguém vai dar para o [Kevin] Feige o Prêmio Memorial Irving G. Thalberg? Tudo o que ele está fazendo é refazer Hollywood. Por favor!”

– Prêmio Memorial Irving G. Thalberg é uma premiação especial e periódica para produtores, cujo trabalho principal reflete uma constante produção de filmes de qualidade.

Markus também expandiu a comparação e percebeu que “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei” ganhou o Oscar de Melhor Filme, apesar da maioria dos fãs e críticos concordarem que “O Senhor dos Anéis: As Duas Torres” era melhor. A Academia tem sido acusada, frequentemente, de distribuir prêmios a trabalhos indignos para compensar outros que foram ignorados. Al Pacino, por exemplo, foi premiado com o Oscar de Melhor Ator pelo papel em “Perfume de Mulher” para compensar o que ele não ganhou pela atuação em “O Poderoso Chefão”.

MARKUS: “O Retorno do Rei não é melhor ou pior do que os outros dois”. Ele ganhou prêmios acumulativos. E, francamente, se você voltar e olhar para trás, você pensa: Sério, você deu esse Oscar? Talvez eles tenham ganhado um Oscar extra naquele ano”.

Além disso, o Screen Rant perguntou o que é necessário para que filmes desse gênero, especialmente aqueles baseados em histórias em quadrinhos, ganhem esse tipo de reconhecimento em Hollywood.

MARKUS: “Eu não sei, quero dizer, as pessoas murmuram sobre isso com vários filmes e por vários motivos. Saiu um artigo sobre ‘Mulher Maravilha’ nesta segunda-feira, e há artigos sobre ‘Logan’, mas nenhum deles é sobre nós. Eu acho que alguém tem que ir até Jesus, por assim dizer, e dar uma olhada na quantidade de trabalho que nós temos feito”.

Apesar de estarem confiantes que ‘Vingadores: Guerra Infinita’ “vai ser uma conquista maior do que qualquer um já conseguiu em uma escala de grandes produções cinematográficas”, McFeely e Markus admitem que as probabilidades estão contra eles.

McFeely também acrescentou que “Star Wars” – o original – e “Os Caçadores da Arca Perdida” são considerados, até hoje, dois dos melhores filmes já feitos e que foram nomeados para Melhor Filme, mas perderam. Os roteiristas também confessaram que não sabem o que será capaz de acabar com o preconceito da Academia contra filmes de super-heróis.

“É um drama de direitos civis e nós somos as vítimas”, brincou Markus.”

“Vingadores: Guerra Infinita” estreia dia 26 de Abril de 2018.