Por exemplo: Marvel, DC, Liga da Justiça, ...

Primeiras Impressões | RE2

A maior saga de zumbis, rei-maginada para a atual geração de consoles...

Estou aqui para trazer um pouco sobre o aguardado remake da Capcom. O Resident Evil 2 um dos melhores jogos que tive o prazer de jogar na era do PS1, refeito agora para a atual geração de consoles. Joguei a demo para o PlayStation 4 no primeiro dia da BGS 2018. E me surpreendi com a capacidade gráfica do mesmo e com uma jogabilidade bem atual para a franquia de sustos da Capcom.

Claire Redfield rei-maginada…

A gameplay de demonstração é bem curta e você poderá escolher entre Leon ou Claire — Fui somente com ela, sendo complicado jogar novamente, para ter uma segunda visão — No gameplay você se encontra numa espécie de fabrica, onde encontra a menina Sherry e logo de cara o monstro do jogo; William Birkin.

E ele mesmo em sua segunda fase está mais rápido e esperto. O cenário lembra bastante as “facilities” do jogo antigo e a maneira que enfrentávamos os monstros é uma versão atualizada nesse remake. Não cheguei a derrotar o vilão, mas me surpreendi com a fluidez do gameplay. 

O trabalho gráfico está impecável, os personagens estão mais humanos e temos um Leon jovial e crível para a história do jogo. O mesmo digo da personagem Claire que influenciada por inúmeras novas heroínas da cultura pop, ela se enquadra perfeitamente nessa nova leva.

A dificuldade foi bem mediana, não tínhamos em mãos muita munição levando a crer que um universo pós-apocalíptico é assim. E além de armas de fogo, podemos utilizar de outros mecanismos para derrotar os inimigos, como bombas ou facas especificas — Essas sendo utilizadas, caso Birkin te pegue — E o esquema de sempre para elementos de cura. A jogabilidade segue o padrão da série desde Resident Evil 4 (com melhorias).

Gameplay do Leon — 21 Minutos de Resident Evil 2 [Remake Gameplay] – 4K/ E3 – 2018

Em suma não posso dizer muito, por ter jogado pouco, mas é um título que esperamos com afinco pelo fator nostalgia. Há grandes melhorias e mais desafios, gostaria de saber como ficou o esquema de leva e trás e se isso se enquadraria nessa geração atual. Seria interessante se a Capcom liberasse a demo para jogarmos em nossos consoles e talvez trazer uma análise mais aprofundada aqui para vocês.

A BGS 2018 ainda está rolando, e os jogos podem ser jogados. Caso queira saber um pouco mais do que fiz por lá, acesse meu blog e leia sobre os dois primeiros dias acessando as imagens abaixo para ser redirecionado.

BGS2018 | 1º Dia – Jogos esperados, muita caminhada e decepções
BGS2018 | 2º Dia – A arte dos Cosplays, “Olha, achei o Wally” e Devaneios à Parte