Por exemplo: Marvel, DC, Liga da Justiça, ...

Frank Miller | 10 obras que todos deveriam ler!

Por muitos anos, Frank Miller foi um dos artistas e roteiristas mais inovadores dos quadrinhos, com sua arte peculiar e única e com sua escrita eletrizante e penetrante, ele conseguiu escrever sua própria história dentro da indústria e consolidou uma legião de fãs que ainda hoje vibram com suas obras que tem uma harmonia entre si, por conseguir arrancar do leitor todos os sentimentos de uma única vez. Através de toda sua produção artística, nasceram vários outros escritores e desenhistas que foram influenciados por sua genialidade.

Para todo fã existem aquelas obras que são como a essência do artista, e aqui está uma lista com 10 incríveis histórias que são obrigatórias para todos que querem apreciar tudo o que esse mestre tem para oferecer!

eu wolverine

 

EU, WOLVERINE – Essa HQ mostra como a popularidade do personagem estava alta na década de 80, ele era visto como solitário e durão e todas as crianças e adultos também adoravam o jeito que ele lidava com situações problemas, acabando com todos os inimigos de forma voraz e selvagem. Aqui Miller transforma o personagem “animal” em um ser humano complexo, dentro do enredo Logan vai para o Japão (Miller adora cultura japonesa) e é lá que o desenrolar acontece. A arte dele traz aos contornos o ar dinâmico e frenético. Alguns aspectos dessa mini série podem ser muito familiares para quem está acostumado com o Wolverine contemporâneo, mas foi a partir daqui que ele se tornou o melhor no que faz!

 

 

 

ronin

 

RONIN – Essa é uma de suas obras mais ambiciosas, aqui é mostrada realmente a sua influência advinda dos mangás e da cultura japonesa. Ele é um grande fã do mangá “Lobo Solitário” o qual ele disse ter se inspirado para a criação tanto da história como do enquadramento da arte. O enredo se baseia na jornada de um samurai sem mestre, que se distorce e evolui para um conto distópico e cyberpunk. A narrativa chega a ser complicada de seguir, mas a obra de arte criada para essa HQ é de tirar o fôlego, ainda mais para quem também aprecia as raízes nipônicas às quais ele se baseia.

 

 

 

 
300 de esparta

 

300 DE ESPARTA – É baseada na historia dos espartanos que se revoltaram contra as atitudes ditatórias de certo “Deus” persa que queria dominar o mundo. Apesar de não seguir à risca os relatos históricos, aqui Frank cria um mundo que esteticamente faz o leitor “emergir” entre os cadáveres, o sangue  e o suor. Acompanhamos o rei Leônidas e seus fiéis soldados perante sua cruzada pela liberdade.

 

 

 

 

 

 

demolidor amor e guerra

 

DEMOLIDOR: AMOR E GUERRA – Nessa graphic novel, temos um momento diferencial para as estórias do advogado cego de Hell’s Kitchen, nesse enredo o personagem principal do argumento criado por Frank Miller não é Matt Murdock, mas sim seu inimigo Wilson Fisk, e trata da dinâmica de sua persona e suas também de suas próprias relações pessoais. Tem um tom dramático, com suspense e tensão, é aquele tipo de maturidade que não se encontra em outras criações feitas para as tramas das HQ’s do Homem sem Medo.

 

 

 

 

batman ano um

 

BATMAN: ANO UM – Diante de um trabalho como este, que foi exacerbadamente difundido por outras mídias, podemos dizer que essa é uma das lendas do Homem Morcego criadas por Miller. Acompanhamos o jovem Bruce Wayne estabelecendo a “criação” do Batman e verificando que para se tornar o salvador de Gotham ele vai precisar de conexões e aliados em quem possa confiar, aí entra James Gordon, o velho companheiro do Batman contra a criminalidade da cidade mais sombria dos quadrinhos. Ela traz um nível de realismo em seu conceito, mostrando Bruce de maneira mais temerosa, por ser o seu início na longa jornada como vigilante.

 

 

 

 

elektra assassina

 

ELEKTRA: ASSASSINA – Essa maravilhosa HQ traz a personagem que nasceu nas páginas do Demolidor, Elektra, mostrando seu renascimento e busca por Matt Murdock. Criada por Frank Miller, sua atitude e toda sua caminhada foi trilhada com o objetivo de ser a melhor. Aqui vemos aquela que é a mais letal de todas as mulheres da MARVEL (fãs da Viúva Negra que me perdoem) mas com Elektra não existe final feliz, não existe paraíso e arco-íris, se ela quer você morto, você está morto!

 

 

 

 

demolidor o homem sem medo

 

DEMOLIDOR: O HOMEM SEM MEDO – Em 1993 Frank Miller se uniu ao incrível John Romita Jr. e Al Williamson para criar essa fabulosa nova concepção das origens de Matt Murdock. Aquilo que foi conceituado por Stan Lee e Bill Everett continuam intactos, aquela estória de ficar cego em um acidente, com os sentidos aprimorados, o pai boxeador, única família de Matt, morto. Mas então, Frank transforma o restante em um épico, de busca por respostas, trenamento e uma missão à ser cumprida. E estabelece daí uma trajetória totalmente incrível e nova para o advogado e vigilante. A série da Netflix se baseia muito no trabalho de Miller e nessa mini série.

 

 

 

 

sin city o assassino amarelo

 

SIN CITY: O ASSASSINO AMARELO – Toda a saga da Cidade do Pecado é pecaminosa, viva e sangrenta, e nos dá a grande sensação de profundidade de sua narrativa desde o início, mas aqui nessa parte da graphic novel em particular, vemos algo diferente do que existe nos resto da trama. O personagem tratado não é somente um bandido, um cara mal sedento por mais brigas, ele é um herói, ele é o policial John Hartigan. Miller deixa nesse caso tudo menos complicado e mais puro. O leitor não torce aqui por um sociopata violento, ou algum tipo de doente social. Com a arte com um pouco mais de cor do que as outras partes, aqui o ar fica completamente mais tenebroso e a aura através das sequências é de uma beleza exuberante.

 

 

 

demolidor a queda de murdock

 

DEMOLIDOR: A QUEDA DE MURDOCK – Muitas foram as contribuições de Frank para as estórias do Demolidor, ele trabalhou intensamente para criar conceitos e novas vertentes para esse personagem que antes estava sendo desgastado, e perante os leitores havia uma indignação completa, que fazia a revista ter uma queda enorme em vendas. Era uma época decadente para os fãs do vigilante com roupa de demônio. Aqui, mais uma vez o trabalho fantástico de Miller ganhou a atenção total, ela tem de tudo, ação, suspense, drama, drogas e por ai vai. Ele apoia o alicerce que existe entre o personagem e sua crença, sua fé, que o mantém firme mediante uma série de acontecimentos terríveis, que o fazem quase cair morto no meio do lixo. É uma incrível leitura e com um final surpreendente.

 

 

 

batman TDK

BATMAN: O CAVALEIRO DAS TREVAS – Aqui está o trabalho mais notório de Frank Miller, o que a maioria das pessoas conhece, mesmo nem sendo fã do autor. Nessa criação colossal, vemos um Homem Morcego abatido, com o tempo nas costas, perante uma sociedade que não o aceita mais e vivendo com o segredo do manto do Batman escondido, atrás da sua imensa mansão. Quando ele não vê mais sentido no por que de ficar parado vendo tudo ao seu redor desmoronando, ele toma uma atitude que vai fazer tudo mudar. E tudo pode acontecer quando se enfrenta a gangue mais barra pesada de Gotham, o Coringa e até mesmo o Homem de Aço, mas nunca pense que algo possa impedir o espírito inabalável daquele que decidiu ainda aos 8 anos de idade, nunca ceder ao medo de enfrentar a injustiça!